5 dicas de fotografia de comida para iniciantes

Fotografia de comida é todo um universo enorme, rico e maravilhoso. Separei 5 dicas para quem quer se aventurar na fotografia de comida.

  • Use luz natural que atinja a comida lateralmente ou vinda de trás.
  1. Evite luz posicionada na frente do objeto. Esse tipo de iluminação passa a sensação de que a imagem é chapada e sem volume.
  2. Fuja da luz que vem do teto da sua cozinha ou sala de jantar. Ela não serve para iluminar alimentos para fotos. Cria sombras e reflexos estranhos.
  3. Luz batendo de lado (qualquer lado) – Iluminar a comida lateralmente adiciona algumas sombras que dão profundidade ao prato de comida.
  4. Luz batendo por trás (foi essa que usei na imagem que ilustra esse post) – Quando a luz vem por trás da comida, dá um efeito de sombra semelhante à iluminação lateral, dando profundidade à foto. Também dá à comida um brilho especial.
  • Use pratos e tigelas menores do que usaria para comer. Pratos pequenos fazem com que os elementos neles se destaquem. Além disso, ganhamos mais espaço ao redor para adicionar mais elementos.
  • Preocupe-se em destacar a parte mais importante da receita/do alimento.

Não use elementos que possam desviar a atenção da comida. Quer um exemplo? Pratos e acessórios lindos com flores ou com cores vibrantes, coloridão. Com eles, corremos o risco de chamarem mais atenção do que a comida em si!

  • Planeje suas fotos com antecedência

Costumo planejar as fotos que quero fazer seguindo temas. Listo os ingredientes que precisarei, escolhi o tipo de imagem vou fazer, o ângulo, a luz, os acessórios/ props que quero usar. Se estiver fotografando para um cliente, além de todo o processo acima, monto um briefing com todas as informações importantes que ele me passou, além da finalidade das imagens. Esboço tudo num papel e parto para a produção. Monto todo cenário antes para só depois colocar a comida em cena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *