Dark mood na fotografia de comida

Maça verde é uma das minhas frutas favoritas. Por isso mesmo, o desafio de fotografá-la fica maior. Queria sentir o azedinho típico dessa fruta só de olhar pra foto.

Escolhi um estilo de fotografia mais escura, com pouca luz, apenas direcionada para o elemento fotografado.

Nos últimos anos tivemos um boom dentro da fotografia de comida de imagens mais escuras e sombrias. O estilo mais rústico na produção é muito utilizado.

Essas fotografias mostram a dança perfeita entre luz e sombra, muito presentes nas pinturas de Rembrandt e Vermeer.

É importante dizer que esse estilo mais escuro não combina com todas as imagens.

Quando utilizamos essa abordagem, devemos entender o propósito da imagem que queremos produzir. Tudo em cena deve estar alinhado com a história que vamos contar com aquela fotografia.

Agora, lá vão algumas dicas pra te ajudar a compor uma imagem mais escura, sombria e cheia de personalidade:

1. Prefira acessórios e fundos escuros, quem deve chamar atenção é a comida. A madeira, como essa que usei, também é legal. Fácil de usar e garante aquele toque rústico.

2. Esculpindo a luz – para produzir imagens mais escuras, é necessário moldar a luz para chamar atenção para o assunto principal.

3. Food Styling – esse estilo de fotografia mais escura está mais presente em editoriais do que em publicidade, que predomina as imagens perfeitas. Enquanto que nessa abordagem mais sombria o estilo é mais solto e verdadeiro. Há imperfeição nas imagens, como migalhas espalhadas, pingos e manchas. A gente sente vida que acontece ali. Mas não se engane viu, há muita preparação para que as imagens fiquem assim.

4. Exposição – nesse tipo de imagem costuma-se usar um pequena subexposição. Mas não esqueça que o assunto principal da foto deve ser colocado na parte mais brilhante da cena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *